Lavador de Ar Adiabático / Insuflador de Ar

O lavador de ar adiabático trata-se de um equipamento que faz parte de um sistema de ventilação adiabático, que é utilizado em ambientes fechados em que há a necessidade de fazer o insuflameto de ar limpo e descontaminado.

Descrição:

  1. Lavador de Polopropileno Cinza
  2. Perfil Eliminador de Gotas: Polipropileno
  3. Rede Hidráulica (Tubos e Conexões): Polipropileno
  4. Bomba: FoFo
  5. Picos Pulverizadores: Polipropileno
  6. Visor: Acrílico Transparente
  7. Registro: PVC
  8. Parafusos: Inox 304
  9. Placa de Identificação: Alumínio
  10. Tela: Inox 304

Lavador de Gases Mod FK-10.000

Instalação e entrega
em todo o Brasil

Lavador de AR Adiabático Horizontal FK-H-10.000
caixa-adiabatica-foto1

Função do Lavador de Ar Adiabático

O lavador é um equipamento que visa resfriar e limpar o ar dos ambientes, sendo que o processo adiabático acontece dentro das placas de filtros, por meio da passagem do ar e também da atomização da água.

Nesse local, pode ser feita a lavagem, a umidificação ou a desumidificação dessas placas de filtro.

Aplicação do Lavador de Ar Adiabático

Esse aparelho é utilizado para umidificar ou desumidificar o ar de um ambiente, podendo ser aplicado sempre que há a necessidade de um ar mais limpo, de uma maior refrigeração ou ainda de um maior controle de umidade.

O lavador de ar adiabático, no Brasil, é usado em diversos setores da indústria, principalmente com a função de rebaixar a temperatura e fazer a umidificação do ar.

Em países em que o clima é temperado ou seja, mais ameno do que no Brasil, esse tipo de equipamento costuma ser usado para aquecer ambientes.

Algumas das outras aplicações desse aparelho são:

  • Insuflamento e Ventilação de ar tratado em estabelecimentos comerciais, públicos e industriais
  • Insuflamento e Ventilação de ar tratado para locais como laboratórios, abatedouros de animais, salas de compressores, e locais para manuseio de alimentos e ambientes altamente controlados
  • Insuflamento e Ventilação de ar tratado em laboratórios farmacêuticos e também em Hospitais
  • Refrigeração de ambientes e equipamentos tais como motores, casas de máquinas e geradores

Entre as vantagens desse equipamento estão o excelente custo-benefício que ele proporciona, além da eliminação de ar saturado e a promoção de um ar livre de bactérias, micro-organismos e poluentes e ainda maior conforto térmico aos ambientes.

Temperaturas Médias das Principais Cidades Brasileiras e as Temperaturas do Ar após o Lavador de Ar.

Região sul TEMP. ºC MÉDIA TEMP. ºC APÓS LAVADOR
curitiba
30
23,5
londrina
31
23,5
foz do iguaçu
34
27
florianópolis
32
26
joinville
32
26
blumenau
32
26
porto alegre
34
26
santa maria
35
25,5
rio grande
30
24,5
pelotas
32
25,5
caxias do sul
29
22
uruguaiana
34
25,5
Região nordeste TEMP. ºC MÉDIA TEMP. ºC APÓS LAVADOR
joão pessoa
32
26
são luís
33
28
parnaíba
34
28
teresina
38
28
fortaleza
32
26
natal
32
27
recife
32
26
petrolina
36
25,5
maceió
33
27
salvador
32
26
aracaju
32
26
Região sudeste TEMP. ºC MÉDIA TEMP. ºC APÓS LAVADOR
vitória
33
28
belo horizonte
32
24
uberlândia
33
23,5
rio de janeiro
35
26,5
são paulo
31
24
santos
33
27
campinas
33
24
pirassununga
33
24
Região norte TEMP. ºC MÉDIA TEMP. ºC APÓS LAVADOR
MACAPÁ
34
28,5
MANAUS
35
29
SANTARÉM
35
28,5
BELÉM
33
27
Região centro-oeste TEMP. ºC MÉDIA TEMP. ºC APÓS LAVADOR
brasília
32
23,5
goiânia
33
26
cuiabá
36
27
campo grande
34
25
ponta-porã
32
26

Máxima Temperatura de Bulbo Seco e Umidade Relativa em Função do Local para Condições de Conforto

finalidade local máxima tbs (ºc) máxima ur (%)
conforto

hotéis / escritórios / residências

26,5
65
lojas de curto tempo de ocupação

bancos / lojas / supermercados

27
65
ambientes com grandes cargas de calor sensível

teatros / auditórios / cinemas / restaurantes / bibliotecas

27
65
locais de reuniões com movimento

boates / salões de baile

27
65
locais com movimentação

corredores / halls de elevadores

28
70

TBS = Temperatura de Bulbo Seco (ºC)
UR = Umidade Relativa (%)

Processo do Lavador de Ar Adiabático

Agora é o momento de entender melhor como se dá o processo do lavador de ar adiabático.

O ar que é lavado e umidificado ou desumidificado pelo equipamento é insuflado (introduzido) dentro do ambiente de modo que forme uma varredura perfeita.

A varredura no ambiente é ocasionada devido a uma diferença existente na pressão dinâmica, o que a leva a absorver e a expulsar daquele ambiente todas aquelas impurezas que existem.

Além disso, ela ainda ajuda a manter a sala com uma pressão positiva, o que é essencial para evitar que haja a entrada de partículas novas que sejam indesejáveis para a continuação do processo.

Outro ponto positivo é que essa varredura ainda proporcionar um rebaixamento da temperatura interna do ambiente.

Para que esse sistema ocorra da forma certa, torna-se essencial que haja um projeto de que seja eficiente para o insuflamento, para a distribuição e para a eliminação do ar saturado.

Purificação e Limpeza do Ar

Todo sistema de ventilação para conforto necessita que seja removido o ar que existe ou ainda a recirculação do ar dentro do ambiente.

As bactérias e os germes, segundo pesquisas na área demonstraram, aderem com maior facilidade naquelas partículas sólidas livres que se encontram no ar.

Em diversos locais onde há o ar insuflado, como no caso das indústrias farmacêuticas e nos hospitais, por exemplo, essa é uma situação que costuma gerar um inconveniente enorme.

O lavador de ar adiabático consegue, justamente, ter uma enorme eficiência para remover os germes e as bactérias através do contato do ar e da água nas placas filtros, pois fazem a remoção de qualquer tipo de partícula sólida do ar.

Umidificador do Ar

O lavador de ar adiabático possui uma grande eficácia por serem idealizados e adaptados com a finalidade de realização a umidificação e a limpeza perfeita do ar.

Por isso mesmo é que eles são recomendados para uso nas instalações de ar condicionado, nos laboratórios biológicos, nas salas cirúrgicas, entre outras aplicações mais em que seja necessária uma saturação do ar eficiente.

Onde:
T1= Temperatura de Bulbo Seco na Entrada
T2= Temperatura de Bulbo Seco na Saída
T3= Temperatura de Bulbo Úmido na Entrada
T4= Temperatura de Bulbo Úmido na Saída

A saturação de 97% do lavador de ar confere com o gráfico apresentado acima para a vazão de 1700 m3/h, e através de cálculos e engenharia de aplicação mantemos os ambientes com temperatura em torno de 27 ºC e umidade relativa de 65%.

Resfriador Evaporativo

Outro excelente uso do lavador de ar adiabático que é muito vantajoso ocorre nos locais em que há necessidade de que a temperatura de bulbo úmido prevaleça.

Também é muito vantajoso a utilização desse equipamento em ambientes em que sejam necessárias renovações de ar maiores de forma constante.

A função de respirador evaporativo é realizada através de um processo de saturação adiabático, em que o calor sensível e o ar são utilizados com a intenção de fazer a conversão da umidade em vapor d’água.

A perda de calor sensível faz com que haja uma redução da temperatura de bulbo seco, levando a aproximadamente a temperatura de bulbo úmido no momento da entrada do ar.

O lavador de ar adiabático que possui uma eficiência enorme de saturação ajuda na redução significativa do bulbo seco.

Sendo assim, ele é um purificador de ar excelente, ajudando na eliminação de partículas sólidas do ar, juntamente com germes e bactérias do ar que está sendo introduzido (insuflado).

Desumidificador

Outra função importante do lavador de ar adiabático é realizado a desumidificação do ar que passa por dentro do equipamento, para isso necessitando haver água gelada dentro do tanque.

A água gelada presente, que deve estar a temperaturas suficientemente baixas, é espelhada na forma de “spray” no meio do ar.

Esse processo de espalhamento de água por “spray” permite que as gotículas de água sejam bastante finas, o que ajuda a formar uma área de contato com ar muito maior com o ar que se forma através da água borrifada.

O que pode se verificar é que a condensação do vapor d’água é feita sob a forma de gotas, de modo a ser retirada na forma de líquido saturado.

Trocas de calor entre o ar e a água

Se a temperatura da água for superior a temperatura do bulbo úmido do ar, então consequentemente irá ocorrer uma queda de temperatura da água e irá aumentar o crescimento da temperatura do bulbo úmido do ar.

Por outro lado, se a temperatura da água for inferior à temperatura do bulbo úmido do ar, então o que irá acontecer será um aumento da temperatura da água ao mesmo tempo em que há uma queda na temperatura do bulbo úmido do ar.

Para que o ar possa ser umidificado por meio da forma de “spray” de água, é preciso que a temperatura da nuvem d’água a ser formada seja sempre superior ao do ponto de orvalhado que é desejado para o ar.

Já para a desumidificação do ar, a temperatura final que a água deve ter precisa ser mantida sempre abaixo da temperatura desejada do ponto de orvalho do ar.

Entre em contato com a Fillkplas

Solicite um orçamento de Lavadores de Gases e outros equipamentos em polipropileno para todo o Brasil.

Laboratórios de universidade, indústria bélica, multinacionais, fábricas, centros de estudos, projetos ambientais, entre outros, têm as soluções em lavadores de gases desenvolvidas pela Fillkplas. Confira detalhes em nossos Cases: